There’s no place like home

I believe everyone hopes to spend this seasons’ holidays in a special way. Moments to be forever cherished, which you may spend with your family, friends, date, spouse or whoever you’ll feel happy with. Also, many of us dream of having an even more magical celebration that often includes going abroad and experiencing a new, different atmosphere. I’m no different, and I’ll share with you some of my New Year’s experiences around.

Leia mais

Campanha do Unicef quer alertar sociedade sobre impacto do racismo na infância

Uma das ações mais importantes lançadas neste ano a favor das crianças foi o lançamento da campanha de combate ao racismo do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), no final de novembro, como parte da celebração dos 60 anos de sua atuação no Brasil.

A campanha nasceu para mobilizar a sociedade brasileira para a necessidade de assegurar a equidade e a igualdade étnico-racial desde a infância. Uma missão que chama para si família, governo, sociedade e, claro, escolas.

A idéia é orientar os adultos sobre como tratar o tema da diversidade com as crianças e evitar que o preconceito se perpetue, quebrando o círculo vicioso do racismo. Implica valorizar as diferenças, promovendo a igualdade de tratamento e oportunidades para cada menina e menino.

A campanha pretende beneficiar as 31 milhões de crianças negras e 150 mil indígenas que vivem hoje no País. Os números mais recentes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que as crianças negras e indígenas são mais vulneráveis em diversos aspectos. Mais de 60% da população de 7 a 14 anos que não frequenta a escola são negros. O índice de mortalidade infantil entre os indígenas é duas vezes maior do que a taxa nacional: 41 mortes para cada mil nascidos vivos contra 19/1000 no total da população.
A campanha terá duração de um ano e pode ser acompanhada pelo blog www.infanciasemracismo.org.br. Ali também estão as orientações para quem quiser participar.

E se você ficou interessado, veja aqui as 10 maneiras de contribuir para uma infância sem racismo e lidar com essa questão.

Language Learning Strategy – Have fun and learn

MUSIC TIME: Listen to song lyrics in English and try to sing along and learn new words/expressions.            

 WATCHING TV: Watch cable TV to practice understanding English.

READING IS FUN: Read magazines about your favorite pastime activity – cooking, fashion, cars etc… or read comic strips and have fun while learning new words and expressions.

 (Adapted from Oxford, 1990)

Vídeo fala sobre problema do descarte de aparelhos eletrônicos

As indústrias de eletrônicos estão em alta e têm no Natal uma das épocas mais importantes em suas vendas. Mas nem sempre estão preparadas ou têm projetos voltados à destinação correta e sustentável do lixo eletrônico descartado pelo consumidor após o tempo de uso. Um problema comum em muitas cidades do mundo.

No vídeo The Story of the Eletronics (A História dos Eletrônicos), um dos temas do projeto The Story of Stuff (A Historia das Coisas), a ativista Annie Leonard diz que, para o mercado de eletrônicos, é muito mais barato produzir itens que quebram com facilidade do que investir em tecnologia duradoura e sustentável. Quanto menor a duração de produtos, mais venda eles terão. Como conseqüência, o meio ambiente recebe boa parte desse lixo, que também pode ser maléfico para a saúde humana. O contato com as substâncias químicas do computador, por exemplo, pode provocar doenças tanto para quem está na sua linha de produção como no usuário comum.

Ela passou mais de 20 anos viajando para visitar e investigar a forma como as indústrias do mundo lidam com os dejetos de sua produção e os impactos ao meio ambiente e à saúde das pessoas. Annie escreveu um livro sobre o tema também. O projeto foi desenvolvido para impactar e ampliar as discussões sobre os impactos ambientais.

Assista ao vídeo The Story of the Eletronics.

Conheça a série The Story of Stuff. Você poderá ver também informações sobre outros produtos usados no seu dia-a-dia.

Twitter fala sobre Twitter

Como o mundo usa o Twitter? O próprio Twitter respondeu a essa pergunta, por meio do seu blog. A tão popular rede social, reconhecendo seu papel de “diminuir distâncias e prover acesso a diferentes culturas e eventos pelo mundo”, mostrou alguns exemplos de seu impacto no mundo e de cara se refere ao Brasil.

O texto diz que, neste ano, todos os candidatos às eleições no Brasil tuitaram suas campanhas no primeiro turno das eleições e a comunidade respondeu com sua própria voz. Cita também uma matéria da revista Time , em que é questionada a popularidade do Twitter no País.

Outros países também são alvo dos comentários. Veja o texto na íntegra.

Christmas Musical Meeting no CEL LEP Lapa

O último musical meeting do ano realizado com as turmas do período da manhã do CEL LEP Lapa foi super divertido. Em clima de Natal e despedida para as férias, alunos e professores cantaram a linda música de John Lennon – Happy Christmas – War is over. O chapéu de Papai Noel deixou a confraternização ainda mais animada. Veja as fotos.

Vocabulary Poster no CEL LEP In School Padre Anchieta

As turmas de Kids e Pre-Tec do CEL LEP InSchool Padre Anchieta apresentam os Vocabulary Posters. Os alunos de 7 a 11 anos reuniram em posters algumas das palavras em inglês que aprenderam durante o estágio. Uma excelente atividade de fixação de vocabulário. Veja o resultado!

Cuidados nas compras online

As compras on-line têm sido uma opção fácil para o consumidor, e quanto maior a proximidade do Natal e do Ano Novo, maior o ritmo de compras. Na última hora, a empolgação e a pressa às vezes dominam a situação. Mas os especialistas alertam para os riscos dessa prática, em que os dados do consumidor podem ficar à mercê dos chamados ladrões cibernéticos.  

Leia mais

CEL LEP São Caetano comemora Dia do Amigo

Nos dias 20 e 21 de outubro, o CEL LEP São Caetano realizou o seu Dia do Amigo. Os alunos convidaram seus amigos para participarem de uma atividade especial. A adesão foi maciça!

Os alunos foram divididos em grupos, para que os diversos níveis se misturassem. As atividades giraram em torno de perguntas a respeito de músicas, vídeos e filmes.  Algumas semanas antes da atividade, a equipe havia passado um rápido questionário entre os alunos, para que eles listassem suas preferências de músicas e de cinema. As atividades foram baseadas nas respostas obtidas.

Ao final, a equipe vencedora levou canecas CEL LEP para casa, e todos os amigos convidados levaram um ‘kit’ especial como brinde.

A iniciativa também valeu para estabelecer novos contatos. Cada amigo convidado preencheu um rápido cadastro, e alguns dias após o evento, recebeu um e-mail de agradecimento pela presença e um convite para uma visita ou entrevista. Já está até programado para 2011 o envio de um novo e-mail para convidar os possíveis alunos e seus pais para uma visita à escola. 

Veja as fotos!