Fun & Games no Pacaembu é pura diversão

photo (2)ok

Brincadeiras, jogos, música, vídeos, atividades lúdicas e artes, tudo para que os pequeninos tenham contato com o inglês durante as férias. Os alunos com idades entre 7 e 8 anos curtiram o Fun&Games, todas coordenadas por professores exclusivamente em inglês.

Leia mais

Órgão canadense proíbe que rádios toquem música do Dire Straits

O Canadian Broadcast Standards Council (Conselho de Padronização da Radiodifusão Canadense), órgão que regula as rádios no Canadá, proibiu nesta semana a radiodifusão em todo o país da música “Money for Nothing“, sucesso do grupo inglês Dire Straits, lançado em 1985 no álbum Brothers in Arms.

A música, composição de Mark Knopfler, membro da banda, chegou a ganhar o Grammy de “Best Rock Performance by a Duo or Group with a Vocal” naquele ano.
A decisão se deu porque, no ano passado, um ouvinte prestou queixa na CSBC pela aparição da palavra “faggot” (bicha) na letra da música. O órgão então expediu uma norma dizendo que veicular “Money For Nothing” é uma violação das cláusulas sobre Direitos Humanos do código de ética da Associação Canadense de Emissoras de Rádio e TV, por “se referir à orientação sexual de forma degradante”.
A música já foi criticada por conter uma letra sexista, pelo trecho que cita “chicks for free” (garotas de graça) e racista, pela frase “banging on the bongos like a chimpanzee” (batendo nos bongôs como um chimpanzé), mas nunca havia sido banida.

Claro que as reações foram as mais desfavoráveis (veja matéria no Terra).

Confira também a notificação do CBSC com a letra da música.

No video, o autor da música, Mark Knopfler (de faixa vermelha na cabeça), junto com ícones como Sting, Eric Clapton, Elton John e Phil Collins no The Prince’s Trust Concert, em Wembley Arena, no ano de 1986.

Músicas e sotaques

Uma das músicas mais acessadas na internet, Viva La Vida , da banda Coldplay, foi utilizada na prova do Enem deste ano. A música, que faz parte do CD Viva La Vida Or Death And All His Friends, lançado em 2008, exige atenção na interpretação. A letra descreve uma situação de poder que deixou de existir: “Um minuto eu detinha a chave /Depois as paredes se fechavam em mim/ E percebi que meu castelo estava erguido/ sobre pilares de sal e pilares de areia.” Apesar do título em espanhol, toda a letra é em inglês.

A inclusão desse tipo de arte em exames é uma tendência crescente, talvez pelo fato de ser uma forma popular e acessível de lazer e aprendizado, como, aliás, comentamos neste blog nos dias anteriores ao Enem.

Conhecer os diferentes sotaques falados pelo mundo são outro bom motivo para um contato maior com a música. Aproveite e leia mais sobre sotaques na seção Vivendo e Aprendendo.

Aprenda o idioma com sua banda predileta

Qualquer pessoa que esteja aprendendo inglês, ou queira melhorar sua fluência, certamente já treinou o idioma ouvindo e lendo as letras de músicas de suas bandas e cantores preferidos. Mesmo que a intenção seja apenas ouvir ou dançar, quase instintivamente as pessoas  começam a cantar, tentando imitar o cantor. E outros ainda vão mais longe e procuram entender toda a letra e saber o que está sendo dito. Se as músicas estão em vídeos, há a vantagem da leitura labial e, quando exibem legendas em inglês, ajudam na fixação da escrita. Leia mais